sexta-feira, agosto 24, 2012

Don’t complain, never explain!


Vem aí bernarda!
O “affair RTP” que rebentou esta semana parece-me coisa séria!
Não tão só pelo que tenho lido, mas principalmente por aquilo que não vejo escrito.
Seja o que for que “affair RTP” possa significar, estou certo que vem aí bernarda e a coisa vai ficar agreste para quem trabalha honestamente em televisão!
Busco a pegada digital da gente bem posicionada na charneira deste problema. Andam todos por aqui, sabemos quem são.
Não me estou a referir exclusivamente a quadros da RTP. Refiro-me a tantos outros. Ao people ligado aos players, ao comentário, às tutelas, às reguladoras, às produtoras, aos parceiros, aos agentes, aos opinion makers...
A tanta gente que orbita neste universo nebuloso da “comunicação social” e nunca poupa tinta digital para matérias não contundentes. Mas agora...
Estão calados!
Claro, estão todos ao telefone.
Garantir o futuro da folha do vencimento por lobby telefónico, é complicado
Eles são o barómetro nesta câmara de pressão. Conhecem como ninguém a técnica “holding” – “aguenta os cavais”, em bom português – inventada na natureza pelo abutre e repetida periodicamente pela hipocrisia humana em todas as técnicas de confronto.
Dá sempre frutos - Don’t complain, never explain!
Há uma outra razão. O princípio da fidelidade canina diz mais ou menos o seguinte: “não se morde a mão que nos dá o pão”... o que neste caso torna o cenário muito mais transparente.
Há que aguardar. É Agosto, empata-se com umas músicas oldies e fixes do you tube, mais umas fotos da praia... Só depois, com o caminho aberto, quando a coisa assentar e os telefonemas tiverem surtido efeito, se metralha na direcção estrategicamente conveniente, seja qual for, fazendo passar a ideia de que só não via quem não queria ver... daahh!!
Reconquistando assim a credibilidade digital, malgré a realidade.
Fácil.

Joao Salvado
24 Agosto 2012

Sem comentários: